Buscar
  • usinaraaims

DIA DE CAMPO DA RAA

Atualizado: 23 de mar. de 2021

O dia 25 de setembro de 2019 foi marcado pela realização do 3º Dia de Campo da RAA. O evento reuniu mais de 300 pessoas, entre técnicos do setor agrícola, produtores rurais, expositores e convidados. Muitas pessoas envolvidas no agronegócio vieram de outras regiões do estado e também de outras localidades, mostrando dessa forma, a importância do evento e da usina Rio Amambai Agroenergia, estabelecida no município de Naviraí há três anos.

O 3º Dia de Campo da RAA aconteceu com o empenho de empresas parceiras e colaboradores da RAA, que não mediram esforços para contribuir com a realização do evento. Havia no local, cerca de 20 expositores, trazendo novas tecnologias e produtos relacionados ao setor.

As palestras abordaram técnicas para a implantação da cultura da cana-de-açúcar, uso do bagaço na pecuária e produção de cana. O sr. João Palucci, gerente técnico agrícola da RAA apresentou o case das Fazendas Nossa Sra. do Carmo e Maringá, demonstrando o altíssimo nível de tecnologia empregado na sistematização da fazenda análise de solo e determinação das variedades a serem utilizadas.

Luiz Schiavo, apresentou o case da Sapé Agro, de Maracajú, que deixou de ser uma fazenda e é hoje uma empresa rural com gestão totalmente profissional. O gerente da Sapé Agro mostrou não só a possibilidade, mas a necessidade da diversificação, comparando riscos e rentabilidade das diferentes culturas. Nesse contexto, a cana vem se tornando uma atividade importante, em consórcio com pecuária e grãos.

Luciano Dobbins, Rafael Augusto França da DSM Tortuga e Antonio Dias da empresa Greenfields exaltaram as vantagens do uso do Bagaço na Pecuária/Produção de Cana na

Fazenda 2S (Sérgio Nocera).

O empresário Paulo Teston, também com muita experiência na produção, cultivo e colheita de cana, apresentou o Plantio Direto de Cana. Também apresentou equipamentos extremamente inovadores, fabricados por sua empresa a partir da observação das suas necessidades durante as atividades de cultivo e colheita de cana.

O Sr. Fabiano Pontes, tradicional produtor de cana no PR e SP, fez um depoimento sobre as razões que o levaram a vir para a região, onde está investindo e já plantou mais de 1,600 ha de cana-de-açúcar nos últimos meses, e chegará a 2.200 ha até o final de 2019. José Trevelin Jr. demonstrou a necessidade de planejamento e profissionalização para que a execução correta possa levar às altas produtividades da agricultura moderna.

O Sr. Vital do Banco do Brasil de Dourados apresentou as possibilidades de Financiamento para Plantio de Cana. Também fizeram uso da palavra e prestigiaram o evento, os prefeitos do município de Naviraí e Juti, Dr. Izauri Macedo e Elizângela Martins B. dos Santos, respectivamente, e o Sr. José Chagas, suplente de Senador do Mato Grosso do Sul.

A UDOP – União Nacional da Bioenergia, através do Sr. Antonio Cesar Salibe, também esteve presente no evento, e demostrou o crescimento que os biocombustíveis terão nos próximos anos, inclusive por compromissos de adoção de combustíveis limpos assumidos internacionalmente.

O evento realizado deixou bem claro a todos os presentes, que a Rio Amambai Agroenergia é uma empresa que acredita na parceria com fornecedores de cana, afirmando que com um bom planejamento e acompanhamento técnico, é possível obter-se ganhos e alta produtividade com a cana.

A RAA deixa a mensagem, por meio de embasamentos técnicos e casos de sucesso, de que a diversificação de culturas é uma boa opção para o produtor rural, possibilitando a redução de riscos no negócio, tanto nos aspectos de rentabilidade, como de produtividade em todos os tipos de solo. Para isso, divulga o Programa de Produção de Cana Compartilhada, que consiste no atendimento aos produtores rurais para implantação da cultura da cana-de-açúcar com diversos benefícios e apoio técnico para o produtor. Esse programa atraiu vários produtores de cana dos estados de Goiás e São Paulo, além de Paranaíba e Rio Brilhante no MS que também estiveram presentes no evento.

A RAA ainda ressaltou a parceria com a agropecuária, por meio do fornecimento de bagaço, melaço e creme de levedura, como suplemento fibroso e proteico para a alimentação de bovinos.

A RAA finalizou o 3º Dia de Campo agradecendo a participação de todos os que se fizeram presentes e, em especial, aos proprietários da fazenda Nossa Sra. do Carmo, Sandra e Henrique Pinto, que cederam gentilmente o espaço para a realização do evento.




81 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo